Ninguém devia falar polissílabas

cafe

hoje comprei nosso vinho

vaguei um pouco entre as prateleiras

você lembrou que só tomo malbec?

ninguém devia falar polissílabas

palavras deviam ser café

simples, fortes, quentes

sim, mas só tinha o vinho

vaguei um pouco entre aquelas… estantes

o vendedor era o mesmo chinês?

não tão ranzinza, nem tanto cortês

vamos tomar nosso vinho?

amanhã eu faço café

“Você sofre de textite?”

maquina de escrever
3 de junho de 2015.  Entre todos os títulos que chegam à caixa de promoção do gmail, um especial me chama a atenção. Trecho:

(…) 

  • textite:s. f. 1 REUM inflamação do texto. 2 degeneração articular das palavras que pode ser devido a trauma de redação, associada à limitação de movimentos leitórios ou a causa desconhecida. Caracterizada pelo uso frequente de expressões como cada vez mais, à frente do seu tempo e toque de mestre. 3 presença nodosa de frustração textual.

Continuar lendo

5 lições aprendidas com o blog

possas3

Hoje o 1º post do Dona Drama completa cinco anos. Um pequeno blog para a humanidade, mas um grande ato de coragem para mim, ainda em tratamento contra a timidez virtual que de vez em quando me paralisa em recaídas. De lá pra cá, foram 1826 dias de textões, projetinhos faça você mesmo e hiatos silenciosos com tanto a dizer quanto os posts de quatro – ou seis – parágrafos. É que a vida, mais implacável que os títulos brasileiros de filmes hollywoodianos de ação, vira e mexe me esbofeteia a cara só pra mostrar quem é que manda (sorte o meu amor ser bandido e eu continuar apaixonada por ela mesmo assim).

Continuar lendo

Pergunte o nome ou: o que minha mãe me ensinou sobre empatia

Minha mãe novinha.

Minha mãe novinha.

Hoje o episódio completa 10 anos. 5 de maio de 2005. Depois de algumas crises de dor de barriga, resolvo fazer o telefonema. “Alô, bom dia!” Ela atende. Eu, com aquela voz trêmula de quem estava com o estômago entre as amídalas, respondo: “Mãe, tá boa?” Ela agilmente devolve: “Oi, finha! Tô boa e você?” Já quase chorando, derramo: “Tudo… Hoje é o meu exame de motorista e estou muito nervosa. Reza por mim?” Ela calmamente aconselha: “Não fique. Quando você entrar no carro, vire para o examinador e diga: Bom dia! Qual o seu nome?”

Continuar lendo

Ainda sobre Malta: respondendo às dúvidas dos amigos

Old love in Sliema

Quando eu voltei de viagem, muitos amigos, colegas de trabalho e conhecidos fizeram inúmeras perguntas sobre a experiência em Malta. As questões variavam desde a escolha da agência de intercâmbio à cultura maltesa. Respondi a tudo com prazer inúmeras vezes e sei que as dúvidas podem ser as mesmas de quem está lendo o post agora. Por isso, prepare-se que lá vem mais uma lista daquelas.

Continuar lendo

Trocando dicas: filmes para assistir durante o feriado

Dica de filmes

Pausa na saga de posts sobre Malta para algumas dicas espertas. O feriado está próximo, outono já começa a mostrar a que veio com algum ventinho fresco e tudo indica que a maré estará boa para filmes. E como eu ando mais por fora do universo da 7ª arte do que tudo, resolvi vir aqui pedir umas dicas do que assistir por estes dias. Como sou apreciadora das trocas, deixo aqui quatro sugestões de filmes que vi recentemente (ou nem tanto) para poder receber outras em troca. Detalhe: todos estão no Netflix \o/

Continuar lendo

Malta por minhas lentes: 10 lugares para visitar no país

A vila do Popeye em Malta

Depois de me decidir por Malta, eu tinha então uma missão: saber mais sobre o país. Como não queria viajar sem a mínima noção do que encontraria, iniciei uma pesquisa de blogs e sites com informações úteis, como o Brasileiros em Malta. Mas o mais legal é que, enquanto pensava no post, cheguei à conclusão de que meu roteiro, na verdade, foi quase todo traçado pelos próprios malteses.

Continuar lendo

7 motivos para responder à pergunta: por que Malta?

Valletta, a capital de Malta, vista de Sliema.

Apesar de ser famoso na Europa, principalmente por seu verão quente, seco e agitado, Malta é um país desconhecido pela maioria dos brasileiros. Por isso, a pergunta que muitos amigos faziam ao me ouvir falar da viagem era: por que Malta? Mal sabia eu que também ouviria o mesmo questionamento de coreanos, russos, poloneses e turcos durante a minha estadia lá. E já que dicas são sempre úteis quando a gente está em dúvida sobre algo, resumi minha escolha em 7 motivos que também podem ajudar você na hora de planejar uma viagem.

Continuar lendo