Nada se perde…

Começo a semana feliz com tanto carinho e apoio com a coluna da Em Minas. É empolgação demais!

Semana de muito trabalho, reuniões densas e limpeza de desktop (que sempre rende uma surpresinha).

Estou lançando a série: os esquecidos.  Um monte de passo a passo fotografado e não postado, de crônica pela metade e de projeto interminado. Eu e as pendências que nunca se acabam.

A parte boa é que já tô dando jeito nisso… E pra começo de conversa, dá uma olhadinha na garrafa de polpa de suco que virou porta-flor-de-plástico. Tá lá no meu banheiro de azulejo antigo. 🙂

IMG_20130417_210508

o #comofaz mais simples que existe, com tinta pra artesanato.

DIY garrafa verde

e a inspiração pra quando eu tiver uma varanda (via Pinterest)…

35a9d542cbe060f9d5c0d1aa6670ddd8

Bora animar e fazer o seu também?

Anúncios

Não, a gente não precisa!

Da série: grandes soluções para pequenos (ou inexistentes) problemas.

“Ou, a gente precisa comprar uma garrafa de água pra geladeira!”

Sim, a gente precisa. Mas talvez não. Talvez a gente precise de uma solução urgente. Uma garrafa com dois dedos de vinho não tomados, uma rolha bonita de lembrança do estrangeiro, um papel contact branco pra cortar e fazer passarinho.

Detergente neutro pra tirar qualquer cheiro/gosto, secador de cabelo pra tirar rótulo, óleo de cozinha, por trinta minutos, pra tirar o restinho da cola do vidro. Molde, tesoura e pronto!

Agora a gente precisa mais. Talvez de quem encha sempre a garrafa…

Sobre embalagens e cheiros: um aromatizante feito em casa

Desde que conheci o Pinterest, desenvolvi o hábito de visitar a mídia social frequentemente para pesquisar e “pinar” um monte de ideias de pequenos projetos faça você mesmo. Nos painéis, pins envolvendo a reutilização de materiais, como embalagens de vidro, por exemplo, estão entre os meus favoritos. Consequentemente, tenho uma coleção de garrafinhas e potinhos aguardando os dias em que serão transformados nas coisas úteis e bonitas que tenho visto por lá.

E no projetinho de hoje tem: garrafinha de vinho branco comprado pra fazer risoto + vontade de bancar a perfumista e desenvolver meus próprios cheirinhos = aromatizante de capim limão com alecrim (minto, esse cheiro já existe).

Materiais:

80ml de álcool de cereais; 80ml de água mineral; 40ml de essência para aromatizante (nesse caso, usei óleo concentrado em menor quantidade); palitos de churrasco; conta-gotas e vasilha com medidor.

Obs.: utilizei algumas gotinhas de fixador para manter o cheirinho por mais tempo, mas é opcional.

Como fazer:

Há vários blogs e sites que ensinam de formas muito diferentes. No meu caso, coloquei na vasilha o álcool de cereais, seguido das essências e da água. Misturei tudo com um dos palitos, pinguei algumas gotas de fixador e despejei na garrafinha. O cheiro está bem gostoso.

Se ainda assim você  ficou em dúvida e quer uma segunda fonte, encontrei essa aqui. De qualquer forma, a simplicidade é a mesma.

Alguém já fez? Tem receita? Pode contar? ;*