Para enfrentar sem drama: liquidações de verão e de outras estações… parte I

Antes de qualquer coisa, informo que minha verborragia sempre alonga meus posts, o que me obriga a dividi-los.

Cena habitual para um grande número de pessoas:

Estamos na segunda quinzena de janeiro e já gastamos todos os décimos terceiros, gratificações e PLR’s possíveis com os presentes de final de ano e com a viagem das férias (ou do recesso). Acabamos de parcelar pagar o IPTU e o IPVA e o restante das dívidas habituais do mês. Então, saímos às ruas para um inocente passeio e, de repente… Putz! Percebemos que o mundo parece se desfazer em liquidações arrasadoras. Roupas, eletrônicos, móveis…  É saldão que não acaba mais. Oh Lord, won’t you buy us one money’s machine?

Comigo, pelo menos, é sempre assim. Ou melhor, era! Como sou muito dura controlada (de verdade!), sempre resistia às tentações e comprava pouquíssimas coisas. Este ano, porém, resolvi fazer diferente: reservei alguns dinheiros especialmente para esta época do ano e elaborei uma metodologia de compras, válida para os quesitos vestuário e acessórios, a qual eu recomendo para meus clientes e divido aqui. Economia rules!

Let´s go!

Antes de sair às compras…

1- Se você está de férias, tire um dia pra dar uma boa faxina no guarda-roupa. Se não, tire uma noite durante a semana ou um sábado qualquer. O ideal é aproveitar as viradas de estação. Escolhido o dia, é só colocar a sua playlist favorita pra tocar e mãos à obra!

2- Tire tudo do armário, separando as peças em três pilhas: roupas que você usa, roupas que precisam de reparo e roupas que você não usa mais.  Uma sugestão é pegar as roupas da terceira pilha e doar às vítimas das enchentes no Rio. #ficadica


4- Tenha essa lista sempre com você, seja num papel dentro da carteira ou da bolsa. Ela irá lembrá-la(o) que, antes de se render àquela meia-pata que está com 50% off, seu armário está com outras prioridades agora. Muitas das compras mais caras que fazemos acontecem durante as liquidações, quando compramos peças que nunca iremos usar.

5- Tenha estipulado o quanto você tem disponível para os gastos e o quanto está disposta(o) a gastar com cada peça. Passar o restante do semestre pagando prestações das contas de janeiro não é nada legal. Caso você não tenha se organizado pra isso, pense que todos os anos é a mesma coisa. Que tal uma poupancinha pró-queimas?

*Imagens reproduzidas

Continua…

Anúncios

3 comentários em “Para enfrentar sem drama: liquidações de verão e de outras estações… parte I”

  1. Amiga..essa época é mesmo uma loucura e se não estamos conscientes do que realmente precisamos, acabamos comprando peças somente pela oportunidade (preço incrível), que na maioria das vezes fica encostada no fundo dos nossos guarda-roupas e nos deixa com o arrependimento incrível, no futuro!
    Façamos uma limpa, mandemos parte das roupas para os desabrigados do Rio e compremos somente peças chaves para atualizar nossos looks! AMEI!!! Agora só quero um tempinho pra fazer isto!! kkkk
    bjo..e o blog continua MARA! Jih

    http://jihrosa.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s