Pendência 15: um risoto para o outubro rosa

Não foi proposital. Uma coincidência cair bem no mês de outubro. Há tempos queria experimentar este risoto de morango com gorgonzola, prato aprendido e divulgado pela amiga Mayra Lopes.

Faz um ano que a receita foi publicada no blog Gordelícias, com fotos super lindas, feitas pelo Rodrigo Valente – amigo meu e marido da Mayra  –  e uma história muito especial.

Ingredientes (para quatro porções, eu fiz metade):

Para o brodo:

– legumes variados (pode ser o que tiver na geladeira, mas geralmente uso abobrinha, chuchu, cenoura, batata e uma cebola).

Para o risoto:
– 1 cebola
– 2 colheres (sopa) de manteiga
– 400g de arroz arbóreo
– 1 copo de vinho branco
– 1 caixa de morangos
– 200g de queijo gorgonzola
– 200g de queijo parmesão fresco ralado
– Sal a gosto

 

Modo de fazer:

Para o brodo, ferva os legumes picados em água por aproximadamente 40 minutos e reserve. Esse caldo de legumes servirá para cozinhar o risoto. Frite a cebola em uma colher de manteiga (uma dica para não queimar a manteiga é colocar um fio de azeite antes de levá-la ao fogo). Acrescente o arroz arbóreo e refogue. Jogue o vinho branco até evaporar o álcool. Vá acrescentando aos poucos o caldo de legumes, mexendo sempre. Quando o arroz estiver al dente, acrescente o morango e o queijo gorgonzola. Mexa bem, jogue uma última concha do brodo. Quando estiver evaporando, acrescente uma colher de manteiga e o queijo parmesão, sem parar de mexer. Pode parecer que vai ficar aguado, mas ele seca. Como o gorgonzola já é salgado, é mais seguro experimentar no final e corrigir o sal. Tampe e aguarde 10 minutos. Está pronto!

*Fiz tudo quenem. Só “assassinei” o risoto usando caldo de legumes industrializado. Como não almoço e raramente janto em casa, fiquei com dó de desperdiçar os legumes do brodo. Mas mesmo assim, ficou muito bom.

p.s.1: copiei a receita bem na íntegra, já que meu dia não está pra paráfrases…

p.s.2: o Rodrigo arrasa muito mais nas fotos que eu. Melhor ir pelas dele.

A receita, na verdade, é de uma prima-irmã da Mayra, que faleceu há um ano, vítima da metástase de um câncer de mama. Nós, amigos, acompanhamos toda a história. E ainda ouvimos muitas outras quando nos encontramos. Gabi, a prima, aproximou-se da cozinha durante o tratamento. E, além de receitas, deixou lições muito bonitas a todos.

Uma delas foi o apoio à campanha de prevenção contra o câncer de mama. Lembro-me que, em fevereiro de 2009, quando me mudei pra BH, desesperada com a possibilidade da minha mãe estar com a doença, ela tranquilamente me disse: “o mais importante é não se desesperar e ir vivendo as etapas uma de cada vez, no seu tempo”. Sabemos o quanto ela está melhor agora.

Então que o risoto rosa foi providencial para o outubro rosa. E mais providencial ainda foi um vídeo que outra amiga postou na minha timeline do face.

Mulherada do meu cuore, vamos fazer exames preventivos periodicamente?! Sim!

Anúncios