No Dia Mundial do Meio Ambiente…

Que tal reciclar algo?

*imagens reproduzidas

E que tal recusar algo?

Sim, hoje nosso maior desafio é o de recusar o consumo. Difícil, principalmente nessa era de obsolescência programada, com o tempo de vida útil das coisas cada vez mais reduzido. De qualquer forma, no Dia Mundial do Meio Ambiente (e em todos os outros), vale parar um pouquinho e dar ouvidos aos chamados de “faça a sua parte”. Um clichê mais que necessário, né não?!

No ateliê da Dona – projeto 1

Ainda sobre organização. E sobre as xepas do local de trabalho. E sobre economia. E sobre faça você mesmo(a)…

Então, Cláudia, senta aí que o post vai ser grande! Hehe

Quando comecei a escrever sobre organização e a organizar minhas coisas, percebi que tinha um problema: alguns livros estavam sem lugar na minha mini estante e acabavam ocupando um espaço valioso dentro do meu mini armário.

Ok! Eu precisava de uma prateleira. Precisava de tempo pra comprar uma prateleira e precisava de dinheiro pra comprar uma prateleira. Não que custe fortunas, mas no atual cenário econômico… Oh lord!

Foi aí que eu descobri a carpintaria do Seu João, escondidinha nos fundos do pátio do colégio. E tudo fez sentido: neta de costureira com marceneiro dá Ana! Tá no sangue!

Olhei cada cantinho. Eu já sabia que ia virar frequentadora de lá. As primeiras peças que vi foram algumas gavetas velhas. Quando voltei pra casa, entrei na internet e busquei no Google: gavetas recicladas. Pronto! Era o que faltava pra completar minha ideia. Na semana seguinte, catei duas gavetas (com permissão, claro), coloquei no carro e levei lá pra minha cidade no feriado da Semana Santa. O resultado foi esse aí:

Deu um trabalhinho, mas foi bom pra minha cabeça, pro meu quarto, pro meio ambiente e pro bolso. E se você quiser fazer igual, é fácil. Vai precisar de:

Palmas pro Pípi, meu principal companheiro durante as pinturas. Coisa linda!

E tem mais projeto pela frente!