Para gastar sem culpa

Uma coisa é consenso entre meus amigos e eu: viver anda caro demais! Manter o guarda-roupa cheio, então, está ficando impraticável, pelo menos pra quem paga aluguel, condomínio, gasolina e blá-blá-blá.

Mas dias melhores virão. Enquanto isso, se você não é refém das “últimas tendências”, pode se jogar em opções bacanas pra driblar o sufoco econômico com criatividade e estilo. Pra quem mora em BH, chegou a hora de pegar a lista amiga de necessidades e cair de ponta no Griffe Show.

Vale a pena! Só tome cuidado pra não comprar o que não precisa.

No ateliê da Dona – projeto 1

Ainda sobre organização. E sobre as xepas do local de trabalho. E sobre economia. E sobre faça você mesmo(a)…

Então, Cláudia, senta aí que o post vai ser grande! Hehe

Quando comecei a escrever sobre organização e a organizar minhas coisas, percebi que tinha um problema: alguns livros estavam sem lugar na minha mini estante e acabavam ocupando um espaço valioso dentro do meu mini armário.

Ok! Eu precisava de uma prateleira. Precisava de tempo pra comprar uma prateleira e precisava de dinheiro pra comprar uma prateleira. Não que custe fortunas, mas no atual cenário econômico… Oh lord!

Foi aí que eu descobri a carpintaria do Seu João, escondidinha nos fundos do pátio do colégio. E tudo fez sentido: neta de costureira com marceneiro dá Ana! Tá no sangue!

Olhei cada cantinho. Eu já sabia que ia virar frequentadora de lá. As primeiras peças que vi foram algumas gavetas velhas. Quando voltei pra casa, entrei na internet e busquei no Google: gavetas recicladas. Pronto! Era o que faltava pra completar minha ideia. Na semana seguinte, catei duas gavetas (com permissão, claro), coloquei no carro e levei lá pra minha cidade no feriado da Semana Santa. O resultado foi esse aí:

Deu um trabalhinho, mas foi bom pra minha cabeça, pro meu quarto, pro meio ambiente e pro bolso. E se você quiser fazer igual, é fácil. Vai precisar de:

Palmas pro Pípi, meu principal companheiro durante as pinturas. Coisa linda!

E tem mais projeto pela frente!

Música de sexta

Inaugurando uma tag aqui no Dona. Na assessoria, Pedro (o designer) e eu usamos muito a música pra automotivação. A gente tem músicas de segunda, de terça, de quarta… Mas as de sexta sempre têm aquele embalozinho animado que o fim de semana pede.

E pro primeiro post, nada melhor que um sonzinho literalmente de sexta-feira. Com vocês: The Cure!

Bem-aventurados os que conseguem (e podem) trabalhar ouvindo música. ; )

Solucionando um triângulo amoroso

Pra eu lembrar daqui uns anos…

Quem acompanha o blog – ou cai de paraquedas aqui por armadilhas do Mr. Google – sabe que tenho dois trabalhos: sou assessora de comunicação e consultora de imagem. Pois é, mas acontece que, assim como o seu dia, o meu também só tem 24 horas, e há uns meses eu já andava perdida com essa ideia de servir a duas senhoras que me consomem tanto tempo e dedicação.

Sabe assim, o drama de gostar muito de duas coisas e concluir que, mais cedo ou mais tarde, vai precisar abrir mão de uma delas? Então, eu estava passando por isso. E ter que optar por qualquer das profissões me traria muita angústia. Por isso, o jeito foi arrumar uma maneira de juntar tudo numa coisa só. Afinal, imagem também é comunicação. Então, peguei a assessoria, a consultoria e mais algumas economias e fui levar tudo pro campo da teoria, rsrs. Resultado: estou com minhas noites de segunda, terça e quarta comprometidas com um curso de pós-graduação que vai até dezembro.

Gestão Estratégica da Comunicação. Esse é o nome do bendito. A cada dia de aula, volto pra casa meio Sócrates: “só sei que nada sei”. E é por isso que eu quero saber. Os momentos têm sido prazerosos e leves, mesmo com tanta novidade a ser absorvida e com a sensação de às vezes estar voando pela Hellmann’s Airlines (viva o Júlio Pinto!). Ainda assim, começar algo novo traz aquela sensação boa de renovação e de troca.  E logo terei um monte de novidades pra contar.

Pra minha alegria, o pouco tempo de aula e o contato que já tive com meus professores e colegas trouxeram-me a convicção de que tomei a decisão certa. E o que não me faltam são inspirações, apenas tempo.  Por isso, as coisas andam tão paradas no Dona Drama.

De qualquer forma, vou tentar passar por aqui ao menos uma vez por semana, mas tenho certeza de que você vai entender se acaso não vir palavras novas com tanta frequência. Só não desista do clique de vez em quando, ok?

Rapidinhas!

Das copiações de moda:

O apartamento em que moro acabou de passar por uma reforma que incluiu a troca de todas as janelas. Ando afoita pra dar uma consultoria de imagem na casa, mas tenho que esperar até saber se o contrato de aluguel vai ser renovado ou se serei uma abadia* desabrigada em breve. Ainda tem mais essa. Como sou do tipo que não sabe esperar por nada, estou abusando da criatividade para transformar umas coisas e otimizar uns espaços.  Logo posto minhas “adaptações” aqui.

*Moro em uma república cujo nome é Abadia. A história é divertida. Um dia eu conto!

Das atribuições do trabalho (de assessoria):

Nesta semana irei me reunir com os assessores que trabalham na mesma rede de colégios que eu. Pra favorecer a integração e a formação da equipe, cada um ficou responsável pela elaboração de um workshop sobre um tema específico. Fiquei responsável por falar de cerimonial e etiqueta (também em razão da consultoria). Então, posts sobre o assunto em breve!